Laboratório

Ems

Referência

Advil 200 mg

Apresentação de Ibuprofeno 200 mg

Comprimidos revestidos de 200 mg.
Embalagens com 10, 20, 30, 40 ou 60 comprimidos.
Embalagens com 500 comprimidos (Embalagem Hospitalar)

USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 12 ANOS
USO ORAL

COMPOSIÇÃO
Cada comprimido revestido contém:
Ibuprofeno 200 mg
excipientes* q.s.p. 1 com. rev.
*álcool polivinílico + dióxido de titânio + macrogol + talco, celulose + lactose, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, povidona, amido, água purificada.

Ibuprofeno 200 mg – Indicações

O ibuprofeno é um analgésico indicado para alívio temporário da dor leve a moderada associada a resfriado comum, dor de cabeça, dor de dente, dores musculares, dismenorreia, dores articulares e na redução da febre.

Contra-indicações de Ibuprofeno 200 mg

Não utilizar nos casos em que o ácido acetilsalicílico, iodeto e outros anti-inflamatórios não esteroides, inclusive o ibuprofeno, tenham induzido asma, rinite, urticária, pólipo nasal, angioedema, broncoespasmo e outros sintomas de reação alérgica ou anafilática. Evitar o uso durante o período de gravidez ou lactação, exceto por orientação médica.

Advertências

Os pacientes que não toleram o ácido acetilsalicílico ou qualquer dos demais analgésicos anti-inflamatórios não esteroides também podem não tolerar o ibuprofeno.
Evitar o uso simultâneo com outros analgésicos, inclusive o próprio ibuprofeno, ou, ainda, medicamentos que possam causar hipoprotrombinemia, trombocitopenia ou úlcera/irritação gastrintestinal. Podem ocorrer reações
de hipersensibilidade em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e outras doenças do colágeno.
Utilizar com cautela em pacientes idosos, iniciando o tratamento com doses reduzidas. Deve ser administrado
com cautela em pacientes com desordens sanguíneas, doentes cardíacos, com úlcera péptica e aqueles que
recebem anticoagulantes cumarínicos.

Uso na gravidez de Ibuprofeno 200 mg

Gravidez e lactação
Não utilizar este produto durante a gravidez e lactação, exceto sob orientação médica. É especialmente importante não usar ibuprofeno durante os três últimos meses de gravidez, exceto sob prescrição médica.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.
Informar ao médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Ibuprofeno 200 mg

Evitar o uso concomitante com ácido acetilsalicílico, paracetamol, iodetos, outros antiinflamatórios não esteroides, corticotrofina, uroquinase, hipoglicemiantes orais ou insulina, anti-hipertensivos e diuréticos, ácido
valproico, plicamicina, compostos de ouro, lítio, probenecida, inibidores da ECA (enzima conversora de angiotensina), agentes anticoagulantes ou trombolíticos, digoxina e metotrexato.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Ibuprofeno 200 mg

A incidência de reações adversas é baixa, porém podem ocorrer náusea e vômitos, diarreia, constipação
intestinal e dor epigástrica, reações de hipersensibilidade, ambliopia tóxica, elevação significativa da transaminase no soro, retenção de líquidos e edema. Inibição da agregação plaquetária, linfopenia, anemia
hemolítica, granulocitose, trombocitopenia, rash cutâneo, depressão, tontura e insônia.

Ibuprofeno 200 mg – Posologia

ADULTOS
Tomar 1 comprimido revestido a cada 4 a 6 horas, enquanto o sintoma persistir. Se o sintoma não melhorar
com 1 comprimido revestido, 2 comprimidos revestidos podem ser tomados. Não exceder a 6 comprimidos revestidos em 24 horas, exceto sob orientação e acompanhamento médico. Se ocorrer azia ou dor estomacal
ocasional, ibuprofeno pode ser tomado com leite ou comida.
CRIANÇAS
Não administrar em crianças com menos de 12 anos de idade, exceto sob orientação e acompanhamento
médico.

Superdosagem

Os sintomas incluem vertigem, nistagmo, apneia, inconsciência e hipotensão.
Não há tratamento específico, devendo-se promover a monitorização e controle dos sintomas. A hipotensão
pode ser minimizada com a administração de líquidos. Promover esvaziamento gástrico através da indução de
vômito ou lavagem gástrica, instilar carvão ativado e manter a diurese.

Características farmacológicas

O ibuprofeno é um derivado do ácido fenilpropiônico. Sua propriedade analgésica parece estar relacionada
com a inibição da síntese de prostaglandinas as quais participam da resposta inflamatória e do estímulo aos
receptores da dor, ocasionando também, contrações uterinas durante a menstruação, muitas vezes dolorosas.
Aproximadamente 80% da dose é absorvido no trato gastrintestinal. A ação se inicia em cerca de 30 minutos
após a administração e o tempo de duração da ação analgésica é de 4 a 6 horas.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Utilizar com cautela em pacientes idosos, iniciando o tratamento com doses reduzidas.

Armazenagem

Manter à temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Ibuprofeno 200 mg – Informações

O ibuprofeno é um derivado do ácido fenilpropiônico. Sua propriedade analgésica parece estar relacionada com a inibição da síntese de prostaglandinas as quais participam da resposta inflamatória e do estímulo aos receptores da dor, ocasionando também, contrações uterinas durante a menstruação, muitas vezes dolorosas.
Aproximadamente 80% da dose é absorvido no trato gastrintestinal. A ação se inicia em cerca de 30 minutos após a administração e o tempo de duração da ação analgésica é de 4 a 6 horas.

Dizeres legais

Reg. MS: nº 1.0235.0770
Farm. Resp.: Dr. Ronoel Caza de Dio
CRF-SP nº 19.710
EMS S/A.
Rod. Jornalista F. A. Proença, km 08
Bairro Chácara Assay
CEP 13186-901 – Hortolândia/SP
CNPJ: 57.507.378/0003-65
INDÚSTRIA BRASILEIRA
“Lote, Fabricação e Validade: vide cartucho”

Ibuprofeno 200 mg – Bula para o Paciente

INFORMAÇÃO AO PACIENTE
Ação esperada do medicamento
O ibuprofeno é um analgésico, indicado para alívio temporário da dor leve a moderada associada a resfriado comum, dor de cabeça, dor de dente, dores musculares, dismenorreia, dores articulares e na redução da febre.

Cuidados de armazenamento
Manter à temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Prazo de validade
As datas de fabricação e validade deste medicamento estão impressas na embalagem do produto. Não utilizar
medicamento com prazo de validade vencido.

Gravidez e lactação
Não utilizar este produto durante a gravidez e lactação, exceto sob orientação médica. É especialmente
importante não usar ibuprofeno durante os três últimos meses de gravidez, exceto sob prescrição médica.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.
Informar ao médico se está amamentando.

Cuidados de administração
O ibuprofeno comprimido revestido pode ser tomado com leite ou comida, se ocorrer azia ou dor estomacal
ocasional. O efeito começa aproximadamente 30 minutos após administração.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Interrupção do tratamento
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Reações adversas
A incidência de reações adversas é baixa, porém podem ocorrer náusea e vômitos, diarreia, constipação
intestinal e dor epigástrica, reações de hipersensibilidade, ambliopia tóxica, elevação significativa da transaminase no soro, retenção de líquidos e edema. Inibição da agregação plaquetária, linfopenia, anemia
hemolítica, granulocitose, trombocitopenia, rash cutâneo, depressão, tontura e insônia.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Ingestão concomitante com outras substâncias
Não tomar este medicamento com outros medicamentos contendo ibuprofeno ou outros analgésicos, exceto sob orientação médica. Evitar o uso concomitante com ácido acetilsalicílico, paracetamol, iodetos, outros antiinflamatórios não esteroides, corticotrofina, uroquinase, hipoglicemiantes orais ou insulina, anti-hipertensivos e diuréticos, ácido valproico, plicamicina, compostos de ouro, lítio, probenecida, inibidores da ECA (enzima conversora de angiotensina), agentes anticoagulantes ou trombolíticos, digoxina e metotrexato.

Contraindicações e precauções
Não utilizar este medicamento se houver história anterior de alergia ao ácido acetilsalicílico ou a outros antiinflamatórios não esteroides ou úlcera gastroduodenal. Não utilizar este medicamento contra a dor por mais de 10 dias ou contra a febre por mais de 3 dias, a menos que seja prescrito pelo médico. Caso os sintomas persistirem ou houver piora deve-se consultar um médico.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Riscos de automedicação
Se houver ingestão acidental, contatar um médico ou um centro de controle de intoxicações.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.

Data da bula

26/4/2013